Coletividades da área cultural e recreativa de Estarreja recebem apoio do Município

A Câmara Municipal de Estarreja procedeu esta segunda-feira, 10 de julho, à entrega de subsídios às coletividades e às associações das áreas cultural e recreativa, no âmbito do Regulamento Municipal de Apoio ao Associativismo 2019.

Quinta, 11 de Julho 2019


Nesta sessão foi atribuída uma verba global de mais de 123 mil euros (75.3885.35€ de verbas correntes e 47.699.47€ de verbas de capital). No decorrente ano, os apoios da Câmara Municipal às associações e às coletividades na área cultural e recreativa totalizam um montante de 264 382,89 €, que se traduz no apoio a grandes eventos, na aquisição de instrumentos musicais e na beneficiação e requalificação de instalações e ainda outros investimentos. O Município de Estarreja, reconhecendo a importância do movimento associativo, no desenvolvimento local, salientou que continua “ a priorizar e mantém a vontade de continuar a apoiar o associativismo, em prol do desenvolvimento social, cultural e humano do concelho”.

A Câmara Municipal de Estarreja tem vindo ao longo dos anos a executar políticas de apoio ao desenvolvimento da atividade cultural que as coletividades e as associações promovem, constituindo-se como parceiros ativos e insubstituíveis da vida cultural e dos fatores de desenvolvimento sociocultural do concelho. Isabel Simões Pinto, Vereadora da Cultura, realça que o “movimento associativo em Estarreja afirma-se, cada vez mais, pelo forte impacto social em diversas áreas de atuação, imprimindo uma dinâmica impar  no território, em termos culturais, desportivos e sociais. As Associações Culturais e Recreativas desenvolvem um trabalho de uma enorme relevância no que respeita à formação das nossas crianças e jovens, seja na área artística ou etnográfica, seja nos contributos para a formação cívica, e no que respeita à valorização da nossa história local, do nosso património, construindo e preservando  a nossa identidade cultural. E em Estarreja temos a felicidade de ter um movimento associativo forte, sempre disponível para novos desafios e presente nas diversas iniciativas municipais, o que contribui, claramente, para o desenvolvimento local e para a coesão social e territorial.”

Assumir um papel dinamizador e facilitador junto das associações, valorizando o esforço e trabalho dos seus dirigentes e associados, com o objetivo de contribuir para a construção de um tecido associativo mais forte, fomentando o envolvimento da comunidade, no caminho para a consolidação do desenvolvimento sociocultural do concelho é uma das prioridades e competências do Município. Apresentaram candidaturas aos diversos subprogramas de apoio e serão beneficiadas as seguintes instituições: Associação Cultural Recreativa Escola Samba Vai Quem Quer; Grupo de Samba "Os Morenos"; Saia's - Associação Recreativa; Samba Tribal Associação Recreativa e Cultural; Banda Visconde de Salreu; Club Pardilhoense; Sociedade Recreativa e Musical Bingre Canelense; Clube Cultural e Desportivo de Veiros; Associação Musical do Antuã; Casa do Povo de Avanca; Grupo Etnográfico Danças d'Aldeia; Grupo Folclórico e Etnográfico de Veiros; Rancho Folclórico "As Tricaninhas de Fermelã" ; Rancho Folclórico "As Tricaninhas do Antuã"; Associação Cultural e Recreativa Amigos das Póvoas; Associação de Moradores da Urbanização da Póvoa de Baixo; Associação Recreativa e Cultural Apicultores Terras do Antuã; Associação Recreativa e Cultural de Água Levada; Club Ornitológico do Antuã; Confraria da Broa D'Avanca; Escola de Artes de Avanca; Corpo Nacional de Escutas - Agrupamento 233 Estarreja; Corpo Nacional de Escutas - Agrupamento 402 de Avanca; Associação Cultural e Recreativa Saavedra Guedes; Grupo Tradicional de Música Portuguesa "Ventos da Ria"; Grupo Coral Cantares de Estarreja; Associação Cultural de Salreu; e Associação Motards Amigos de Avanca.

Ainda durante o mês de julho, às 18h, no edifício do Paços do Concelho, a Câmara Municipal de Estarreja procederá à entrega de subsídios às coletividades e associações das áreas do desporto (dia 11), ação social (dia 16) e educação (dia 17), no âmbito do Regulamento Municipal de Apoio ao Associativismo 2019.