Há novidades para o novo ano letivo 2018/19

Esta quarta-feira, 5 de setembro, o Município de Estarreja recebeu a comunidade escolar no Cine-Teatro de Estarreja para a Sessão de Abertura do Novo Ano Letivo. Neste arranque são muitas as novidades para os mais de 3500 alunos de todas as escolas do concelho.

Sexta, 07 de Setembro 2018


A escola é para todos
Transporte escolar gratuito para todos os estudantes, a oferta dos livros de atividades para o 1º e 2º ciclos em complemento da oferta de manuais escolares, o alargamento do ensino articulado da música iniciado no ano anterior e o ensino de mandarim nos 3.º e 4.º anos, bem como a oferta diversificada de cursos profissionais que respondam às necessidades do mercado der trabalho, são algumas das linhas estratégicas e diferenciadoras que o Presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Diamantino Sabina, apresentou para o ano letivo 2018/19 perante uma sala completamente cheia, a maioria docentes, mas também não docentes, alunos e encarregados de educação, assim como outras entidades da comunidade estarrejense.

Este ano, a Sessão de Abertura do Novo Ano Letivo ficou marcada pela presença do Secretário de Estado da Educação, João Costa, que começou por referir que Estarreja é um bom exemplo na Educação, contando um episódio curioso sobre o projeto “Flexibilidade Curricular”. “Fui contactado por uma jornalista que me pediu um exemplo positivo na aplicação deste instrumento de trabalho ao qual respondi: Vá a Estarreja”, referiu João Costa. 

Agora alargado a todas as escolas, esta política educativa pretende garantir a igualdade de oportunidades e a promoção do sucesso escolar. Referiu a importância de trazer para o processo os alunos e que o objetivo é que aprendam, recusando que se alcance o “zero por cento de insucesso, mas os alunos não aprendem”. Falou ainda da “obesidade dos programas” que não permite a consolidação da aprendizagem, admitindo ser difícil decidir onde cortar, e defendeu a valorização do ensino profissional, sabendo que há uma mentalidade de secundarização. 

O Plano Municipal de Educação
Como é habitual, a sessão além de reunir a comunidade nas boas-vindas aos agentes educativos no início de mais um ano letivo, homenagear os profissionais docentes e não docentes que se aposentaram e premiar os melhores alunos do ano anterior, tem como objetivo apresentar à comunidade o Programa Municipal de Educação (PME).

João Alegria, vereador da Educação da Câmara Municipal de Estarreja, realçou os projetos desenvolvidos anualmente e que envolvem todas as escolas, desafiando os jovens presentes e os seus professores a participar e a incentivar todos os alunos a participar, dando o exemplo do orçamento participativo jovem municipal, do programa empreendedorismo nas Escolas – TOP e do Programa Eco-Escolas. Estes projetos, aliam-se a muitas outras propostas, de muitas áreas, desde a leitura, à música, ao teatro, às boas práticas ambientais, à segurança, ao desporto, etc, que ajudam a complementar as aprendizagens mais formais e que se desenvolvem na sala de aula. Numa ação partilhada entre as Escolas e Câmara Municipal, cumpre-se assim a missão de termos a Escola a tempo inteiro e a Escola para Todos.