Bolsas Sociais EPIS 2018 "Escolas de Futuro"

Candidaturas até 20 de setembro de 2018

Sexta, 24 de Agosto 2018


A Associação EPIS – Empresários Pela Inclusão Social, criada em 2006 por empresários e gestores portugueses, na sequência de uma convocatória à sociedade civil feita pelo Presidente da República, tem desenvolvido em Estarreja desde 2012, em resultado da parceria com o Município de Estarreja e com a colaboração dos Agrupamentos de Escolas de Pardilhó e de Estarreja os seus projetos de intervenção cívica na área do combate ao insucesso e ao abandono escolares, com particular atenção à potenciação e capacitação de jovens em risco que frequentam o 1.º, 2.º e 3.º ciclos de escolaridade e à disseminação de boas práticas de gestão nas escolas.

Com esse objetivo, a EPIS lançou um programa de bolsas sociais para premiar boas práticas de inclusão social e o mérito académico, que terá a sua 8.ª edição em 2018. O programa representa um investimento global de 91.200€, mais 19% que em 2017, com 19 entidades investidoras, merecendo destaque a Cires, empresa parceira sediada em Estarreja. 

O programa das Bolsas Sociais EPIS têm uma cobertura nacional: todas as escolas e alunos de Portugal podem candidatar-se. As 19 categorias de bolsas a atribuir, em 2018, envolvem processos de candidatura e critérios de seleção distintos, de acordo com o Regulamento para bolsas sociais 2018 -  Bolsas Sociais EPIS –“Escolas de Futuro” (em anexo).

Bolsa de mérito académico apenas para os alunos do concelho de Estarreja patrocinada pela Cires

Na categoria 9, a Cires patrocina uma bolsa de mérito académica aos alunos do 9.º ano de escolaridade no concelho de Estarreja. Serão premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 2 alunos de escolas do concelho de Estarreja que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2017/2018 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2018/2019. 
A candidatura, processo de seleção e atribuição de bolsas são feitos em nome do aluno, com apoio da escola a que pertencem. A bolsa será atribuída nominalmente ao aluno e é intransmissível.

As candidaturas são formalizadas pela instituição ou aluno, através do preenchimento e submissão do documento de candidatura que pode ser consultado aqui
 
As candidaturas devem ser submetidas até ao final do dia 20 de setembro de 2018. 

Para o vereador da Educação, João Alegria, o projeto EPIS tem trazido excelentes resultados escolares e são um estímulo e um apoio para a promoção da inclusão social de jovens em risco de insucesso ou de abandono. Com estas medidas, está a sociedade a contribuir para a igualdade de oportunidades de todos os estudantes ao sucesso escolar e educativo, concretizando a missão da construção de uma escola para todos e de uma educação com sucesso para todos.
 

Informação sobre Bolsas de Estudo.