OPM 2018 - Munícipes podem apresentar as suas propostas nas assembleias participativas

Últimas sessões em Salreu e Pardilhó

Segunda, 04 de Junho 2018


O ciclo de Assembleias Participativas do OPM - Orçamento Participativo Municipal 2018 prossegue esta segunda-feira, às 21h30, na sede da Junta de Freguesia de Salreu. Pardilhó será a freguesia que se segue na próxima quarta-feira, dia 6, à mesma hora. Promover o debate de ideias para Estarreja é o objetivo principal destas sessões. Os Munícipes têm a oportunidade de apresentarem as suas propostas para o Município e Freguesias. 

As sessões participativas são promovidas pela Câmara Municipal, em estreita colaboração com as Juntas de Freguesia. Nestas reuniões os participantes podem apresentar presencialmente à Câmara Municipal de Estarreja as suas propostas de investimento que pretendem ver concretizadas na sua freguesia e/ou no concelho no âmbito do OPM a executar em 2019, bem como esclarecer dúvidas ou apresentar sugestões.

 

Últimas sessões

. 4 de junho, segunda-feira, 21h30, Junta de Freguesia de Salreu
SESSÃO DA FREGUESIA DE SALREU

. 6 de junho, quarta-feira, 21h30, Junta de Freguesia de Pardilhó
SESSÃO DA FREGUESIA DE PARDILHÓ

 

OPM disponibiliza 100 mil € para as ideias dos cidadãos

A 4ª edição volta a disponibilizar ao cidadão o montante global de 100 mil € do Orçamento Municipal para inscrição dos projetos que a população considere prioritários para Estarreja.

Nas suas fases de participação pública, o OPM é um processo de carácter consultivo e deliberativo em que os cidadãos são convidados, em primeiro, a apresentar propostas de investimento e, em segundo, a deliberar através de votação sobre os projetos de investimento que querem para Estarreja.

A CME assume o compromisso de integrar na proposta de orçamento municipal os projetos mais votados pelos cidadãos. O montante global do OPM é de 100 mil €, montante a dividir entre os projetos de âmbito Municipal (50 mil€) e de Freguesia (10 mil€ para cada freguesia).

 

Calendarização da edição deste ano
Recolha de propostas (presencial e online) - maio e junho
Votação dos projetos - setembro
Apresentação pública dos resultados – outubro

 

A sua voz conta. Apresente a sua proposta!