Egas Moniz e o seu legado em foco em encontro mundial

Quarta, 18 de Abril 2018


Esta quinta e sexta feira, dias 19 e 20 de abril, o cientista avancanense Egas Moniz está representado na World Health Summit Regional Meeting que reúne no Convento São Francisco, em Coimbra, cerca de 700 participantes e 120 oradores de mais de 40 países, para um debate sobre a Saúde Global.

 

Neste encontro, que se realiza pela primeira vez em Portugal, a Casa Museu Egas Moniz promove a exposição “Egas Moniz: The world legacy of a Brain Science Pioneer”, que guia o visitante pela vida e obra do médico, investigador e cientista natural de Avanca.

 

A exposição não só revela as suas principais conquistas e descobertas científicas, os prémios com que foi agraciado donde se destaca naturalmente o Prémio Nobel da Medicina em 1949, mas também o Prémio de Oslo em 1945, como também dá a conhecer um outro lado do mestre, a sua ligação à arte e à Casa da Quinta do Marinheiro, em Avanca, onde Egas Moniz quis reunir as obras de arte que foi reunindo ao longo de toda a vida juntamente com a sua esposa, D. Elvira.

 

Objetos pessoais do primeiro e único Nobel da Medicina português, como as teses de licenciatura e doutoramento ou a sua agenda pessoal, ajudam a contar a história do reconhecido cientista. A mesa onde se realizou a primeira angiografia pelo médico em 1927 convida os congressistas a descobrirem esta figura universal das neurociências. A mostra posiciona-se junto ao Grande Auditório do Convento São Francisco, onde decorre a convenção.

 

Amanhã, na abertura do encontro, marcada para as 13h30, será ainda exibido o filme “World Health Diaspora – A brief history of our universal legacy”, sobre a história universal da saúde com os contributos de Portugal, onde as referências a Egas Moniz são incontornáveis.

 

O Presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Diamantino Sabina, o Vereador da Ciência, João Alegria, e a Diretora da Casa Museu Egas Moniz, Rosa Rodrigues, estarão presentes neste World Health Summit, que contará com as presenças do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do Primeiro-Ministro, António Costa, e do Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes.

 

O World Health Summit é um espaço de discussão dirigido a profissionais de saúde e investigadores organizado pela Universidade de Coimbra (UC) e Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC). A par da cimeira vão decorrer várias atividades paralelas das quais se destacam as Global Talks, fóruns dedicados a temas da área da saúde relacionados com outros temas da atualidade, como por exemplo ciência, tecnologia ou direitos humanos.

 

A participação da Câmara Municipal de Estarreja e da Casa Museu Egas Moniz neste grande evento mundial é já fruto do protocolo assinado em janeiro último com o Conselho Português para o Cérebro – CPC.