Nestlé investe 5M€ no seu “berço”.

Foi lançada a “1ª pedra” na ampliação do Centro de Distribuição da Nestlé.

Sexta, 14 de Julho 2017


Em abono da verdade, não se tratou efetivamente de uma pedra mas sim de uma caixa transparente de acrílico que continha dois jornais periódicos. “Quem sabe se um dia, arqueólogos do futuro, não a irão encontrar e descobrir o que andávamos aqui a fazer” defende Moisés Santos, responsável pelo centro de distribuição.

Presente nesta cerimónia, o diretor-geral da Nestlé em Portugal, Jordi Llach, mostrou-se bastante satisfeito com esta obra, referindo que não é muito habitual no grupo conseguir-se investimentos para este tipo de projeto. “É um prazer poder continuar a investir onde começou tudo para a Nestlé em Portugal. É mais uma prova de compromisso que temos em Avanca”. 

Outro responsável que marcou presença foi Jörg Deubel, diretor de Operações Logísticas da Nestlé Portugal. Para este responsável da área da logística, a empresa está a preparar-se para o futuro, para a próxima geração. “Este centro vai ser ampliado e também vai ter melhores e maiores condições de segurança”, “é o berço da Nestlé em Portugal e é aqui que se mantém para o futuro”.

Com data prevista de conclusão para o próximo ano, esta obra vai ter uma nave principal com área de 4.100 m2. Esta necessidade de ampliação prende-se com o facto deste centro de distribuição ser o responsável por cerca de 80% das vendas da Nestlé Portugal. 

Diamantino Sabina, presidente da autarquia, mostrou agrado pelo facto de a Nestlé continuar a investir nesta unidade com dezenas de anos, “é um investimento de extrema importância e crucial para o desenvolvimento do nosso concelho”. Paralelamente, fez perceber o sucesso do município na implementação de novas indústrias, mencionando o Eco Parque Empresarial de Estarreja que tem tido “um interesse generalizado e tem tido muito investimento que vem do estrangeiro, e não só, de empresas absolutamente capitais que encontram aqui sinergias importantes para a sua evolução”.