A melhor edição do GarciCup chega a 27 de junho

Torneio internacional de Estarreja traz novidades à capital do andebol

​​​​​​​Uma edição com novo formato, com organização da Câmara Municipal de Estarreja, o envolvimento dos quatro clubes de andebol do concelho, competições internacionais e a melhoria na qualidade do evento. Para quem participa e visita Estarreja, o GarciCup continuará a ser a festa do andebol com grande animação à mistura. Marcada para 27 de junho a 1 de julho, a edição de 2018 do torneio internacional de andebol de Estarreja foi apresentada na manhã do último sábado, dia 12 de maio, na praceta do Mercado Municipal.

Segunda, 14 de Maio 2018


Este ano, “a Câmara assume na plenitude e na totalidade a responsabilidade do torneio em parceria estreita com os quatro clubes de andebol do concelho” - Associação Artística de Avanca, Estarreja Andebol Clube, Associação Cultural de Salreu e Associação Desportiva Arsenal de Canelas -, que constituem “o grande motor da modalidade em Estarreja”, evidenciou o Vereador do Desporto, Adolfo Vidal, que apresentou publicamente a 9ª edição do torneio internacional, marcada ainda pela “colaboração estratégica de dois torneios que ocorrem em Portugal, o AndebolMania e o MaiaCup”, e o apoio da Associação de Andebol de Aveiro e da Federação de Andebol de Portugal.

Pretende-se que esta edição 2018 do GarciCup, seja lembrada como a melhor de sempre, com melhorias decisivas em áreas estratégicas na organização: alimentação que será servida numa zona única, o Multiusos; transportes, com a criação da maior rede de transportes dedicados; e gestão desportiva, com horários mais flexíveis e que permitem que os participantes usufruam de toda a animação que é proporcionada em simultâneo.

Entre as novidades contam-se a realização do “Encontro Nacional de Minis cuja sede em termos de competição estará centrada em Avanca e Pardilhó”, o 4 Nations Cup, Torneio de Juniores B com 4 seleções, Portugal, Itália, Roménia e Hungria, assim como o “Campeonato da Europa de Andebol Adaptado com 3 seleções masculinas e duas femininas. Esta componente de inclusão, que sempre foi importante para o GarciCup, mantém-se e sublinha-se este ano”, referiu Adolfo Vidal.

 

Clinic técnico com um dos melhores do mundo

Haverá um espaço formativo que trará a Estarreja Claus Hansen, dinamarquês, um dos vultos mundiais do Andebol de Formação, um dos mentores do projeto de desenvolvimento de talentos da Federação Dinamarquesa de Andebol “The Danish Way”, reconhecido como um dos melhores do mundo. Claus Hansen virá orientar um clinic técnico de andebol, destinado a todos os treinadores.

O primeiro Torneio Ibérico de Seleções Regionais, com a presença já confirmada da seleção regional espanhola de Castilha e Leão e a seleção anfitriã do Distrito de Aveiro, será mais um evento que se associa à “componente de competição e animação que já é tradicional” no GarciCup.

 

A grande festa do andebol

Num modelo muito centrado no Parque Municipal do Antuã, que será transformado num verdadeiro parque de diversões para os mais novos, com insufláveis, torre aventura, atividades radicais, escorrega gigante, atividades aquáticas, entre outros, o programa de animação manter-se-á este ano destacando-se a criação da Funzone numa grande tenda, que será o palco dos grandes momentos de animação, com DJs, concertos e demonstrações. “Esta vai continuar a ser a grande festa do andebol”, garante o Vereador do Desporto.

Uma constatação que viria a ser sublinhada por Gonçalo de Carvalho. “O GarciCup é uma festa. Como Presidente da Associação de Andebol de Aveiro, é com enorme prazer ver uma câmara a assumir um torneio de andebol, que não acontece em mais ponto nenhum do país. A Federação de Andebol sentiu isso, que a Câmara de Estarreja quer, cada vez mais ajudar, o andebol e por isso vamos ter tantas atividades”. O responsável regional da modalidade não tem dúvidas que este ano o evento “vai melhorar e muito a qualidade”.

 

Município que mais apoia o desporto

Com a presença dos clubes e dos jogadores mais novos, que deram um colorido diferente à sessão, deu-se assim o “pontapé de partida para um GarciCup especial”, começou por afirmar Diamantino Sabina.

O Presidente da Câmara Municipal de Estarreja lembrou que “somos dos municípios que mais apoiamos o desporto na formação. Em termos per capita, somos os que mais investimos no desporto no país. Se assim não fosse, não tínhamos esta moldura humana, não tínhamos um espetáculo como é o GarciCup, não tínhamos uma equipa como a Artística, com um orçamento mínimo a disputar na primeira divisão os primeiros lugares do campeonato de Andebol”.

“O GarciCup é um nome que fala por si, vamos ter uma semana de grande movimento, desporto disputado na mais elevada qualidade e atividades nas quais os miúdos gostam de participar”.

 

GARCICUP’18 EM NÚMEROS
+ 15 recintos desportivos
+ 200 equipas
+ 5 nacionalidades
+ 3.000 participantes
+ 20.000 refeições
+ 8.000 pequenos almoços
+ 6 locais de alojamento

 

Website www.garcicup.com