Estarrejazz - Festival de Jazz de Estarreja

Este sábado: concerto de Noa com Rita Maria e after hours com Tomás Marques 4Tet

Sexta, 06 de Outubro 2017


NOA é um trio formado por Nuno Costa na guitarra, Óscar Graça nos teclados e André Sousa Machado na bateria, ao qual se vai juntar a camaleónica Rita Maria, voz, num projeto que explora diferentes dimensões e ambientes musicais, privilegiando a interação. Com o jazz e a música improvisada como pano de fundo, o seu repertório inclui temas originais e arranjos de canções do universo musical popular nacional e internacional.

É a sugestão para esta noite do Estarrejazz – Festival de Jazz de Estarreja, que decorre até dia 14 de outubro no Cine-Teatro de Estarreja.

O estarrejense João Mortágua é considerado um dos mais criativos e originais músicos de jazz a surgir nos últimos anos em Portugal. “Deveríamos comemorar todas as vezes que o jazz português sai daquele espartilho uniformizado em que voluntariamente se vai colocando. A publicação de “Janela” é uma dessas ocasiões… O sax alto de Mortágua ouve-se com o maior dos prazeres…”, lê-se no portal Jazz.pt. Terá a oportunidade de ver João Mortágua ao vivo esta sexta-feira, dia 6, às 21h30, 

A Festa do Jazz do São Luiz, um dos mais importantes eventos de Jazz em Portugal, que se realiza em Lisboa, atribuiu este ano o Prémio RTP/Festa do Jazz “Artista do Ano” ao saxofonista e professor do Conservatório de Música de Coimbra. Licenciado em Jazz pela Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo (ESMAE-Porto), João Mortágua tem estado ativo em vários projetos, destacando-se o seu quarteto Janela ou o trio experimental m3. O seu disco de estreia Janela foi editado em 2014. 

Alma Nuestra com a espanhola Mili Vizcaíno deram o primeiro concerto do Estarrejazz'17 na última quinta-feira, acentuando que a voz no Jazz é o destaque para continuar a escrever em letras douradas: ESTARREJAZZ. 

As portuguesas Rita Maria e Cristina Branco, num concerto a convite do Trio Paulo Bandeira, a sueca Lina Nyberg, a carioca Paula Morelenbaum, em concerto exclusivo com Ralf Schmid e a ascendente Big Band Estarrejazz, são as outras presenças que garantem uma 12ª edição de luxo, no Cine-Teatro de Estarreja. 

 

Sex 06 out 21H30
JOÃO MORTÁGUA

O músico estarrejense João Mortágua, que há bem pouco tempo recebeu o galardão de “artista do ano”, apresenta no segundo dia do Estarrejazz, “MIRRORS”, o seu novo disco, onde se propõe explorar as simetrias enquanto portais para um espaço inter dimensional, em que do seu eixo surgem novas sensações e até novos paradigmas. 

Num clima de constante descoberta, o mundo que conhecemos metamorfoseia-se a partir de espelhos musicais que emanam de si uma outra arte: a que é feita de nós mesmos, enquanto ser coletivo. A criação artística deste projeto parte assim do sentir terreno e da respetiva reação a essa viagem sónica, através do portal-espelho e evolução inerente.

Sáb 07 out 21H30
NOA C/ RITA MARIA

NOA é um trio formado por Nuno Costa na guitarra, Óscar Graça nos teclados e André Sousa Machado na bateria, ao qual se vai juntar a camaleónica Rita Maria, voz, num projeto que explora diferentes dimensões e ambientes musicais, privilegiando a interação. Com o jazz e a música improvisada como pano de fundo, o seu repertório inclui temas originais e arranjos de canções do universo musical popular nacional e internacional. Fruto da sua experiência e cumplicidade, são ainda comuns nos concertos, momentos de improvisação livre onde é evidenciada a partilha e um dialeto comum entre os músicos. Com uma sonoridade elegante, personalidade musical bem vincada e melodias bem delineadas, este projeto procura assim estabelecer uma estética de fusão entre a contemporaneidade da música cosmopolita e a tradição da música improvisada com origem no jazz.  

Sáb 07 out 23H00
TOMÁS MARQUES 4TET | AFTERHOURS

Tomás Marques, é um jovem músico estarrejense, membro da Big Band Estarrejazz, com grande talento e progressão, que lidera um quarteto resultante do cruzamento entre amigos, cuja música foi o elo de ligação. Fazem parte da nova geração de músicos do painel do Jazz em Portugal e trazem uma fusão entre o Jazz Tradicional e o Moderno. Todos com influências distintas, culminam numa linguagem ímpar, o que acaba por ser o principal cartão-de-visita para este concerto.


Qui 12 out 21H30
TRIO PAULO BANDEIRA C/ CRISTINA BRANCO

Nesta formação Paulo Bandeira procura um repertório jazzístico, mas com raízes e estéticas europeias. Com João Paulo Esteves da Silva no piano e Bernardo Moreira no contrabaixo, este trio interpreta temas originais dos seus elementos e alguns de outros compositores. Para este concerto estes três músicos convidam a fantástica Cristina Branco, cantora reconhecida internacionalmente.

Sex 13 out 21H30
LINA NYBERG BAND

Lina Nyberg nasceu em 1970 em Estocolmo e é uma das mais criativas e inovadoras cantoras de jazz da Suécia. Há cerca de 20 anos que vem a atrair a atenção consistente e generalizada, tendo sido premiada pela Sveriges Radio como “Artista Jazz do ano”. Com vasta experiência no ensino de jazz, atualmente leciona composição e improvisação na Escola Superior de Música de Estocolmo. Com 17 discos editados, a cantora nórdica, é um dos nomes internacionais desta edição do Estarrejazz.

Sáb 14 out 21H30
BIG BAND ESTARREJAZZ C/ PAULA MORELENBAUM & RALF SCHMID

Composta por jovens e talentosos músicos estarrejenses e da região, a Orquestra de Jazz de Estarreja é o resultado da vertente formativa do Festival Estarrejazz. Com um crescimento consistente desde 2012, a Big Band Estarrejazz tem vindo a dividir o palco com grandes nomes do panorama musical português e é chegado o momento de ter ao seu lado Paula Morelenbaum, a brasileira que trabalhou com Tom Jobim, e Ralf Schmid, pianista e um dos protagonistas da nova geração de jazz alemão. Paula Morelenbaum junta a doçura melancólica da sua voz e o virtuosismo do pianista Ralf Schmid à mestria musical da BBE, a encerrar a edição 2017 do ESTARREJAZZ, numa noite que se adivinha mágica!

Sáb 14 out 23H00
DOMINGOS HENRIQUEZ QUARTETO | AFTERHOURS

Quarteto liderado por Domingos Henriquez, também elemento da BBE, segue as influências do jazz de John Coltrane e Miles Davis, mas com uma abordagem moderna tanto de temas originais, dos elementos constituintes do grupo, bem como dos standards de jazz.
 

PASSE GERAL 22,5€ (ACESSO AOS CONCERTOS ESTARREJAZZ NO AUDITÓRIO E AFTERHOURS)

+ INFO www.cineteatroestarreja.com